Assinatura RSS

7 boas lembranças que ficarão da Copa do Brasil

Publicado em

Por fim, acabou a Copa. Metade de nós ainda está tentando absorver essa idéia e a outra metade nem quer pensar nisso. Um clima de carnaval se instalou no ar, feriados sem fim no meio da semana e o Rio de Janeiro nunca viu tanta gente bonita nas ruas. Basicamente, passamos por bons momentos, até os peixes mais fora dessas águas tem que admitir que foi incrível. Do jeitinho do brasileiro mesmo, não teve muito luxo, mas a gente se divertiu muito (e os gringos também!).

Fiz uma listinha das melhores lembranças, que certamente vamos ficar lembrando e relembrando até 2018.

#1 – Galvão em cima do banquinho

Aparentemente essa chacota que virou o Galvão em cima de um banquinho pra ficar da altura do Ronaldo e do Casagrande foi universal. Todos os jogos, todas as vezes que o Galvão aparecia, alguém falava: Só consigo pensar no banquinho…

Olha ele aí, o famoso banquinho!

 

#2 – Jogos-Churrasco

Eu mesma só fui a um, mas um amigo me disse que todos os jogos do Brasil a família dele organizou um churrasco. Com certeza você também foi em algum, mas todos? #vaitercopa #vaiterpãodealho hein?

#3- A família de seis dedos

Não era incrível aquilo??? Que tipo de X-Men são vocês?! Engraçado como eles estavam com essa convicção de que, porque eles tinham seis dedos, o Brasil seria hexa… Faz sentido?

A família de 14 pessoas com seis dedos cada um .

 

#4 – O instagram @flagrei

Morri. E admito que eu ficava querendo saber onde esses homens estavam! Entenda do que eu estou falando:

 

#5 – As teorias conspiratórias

Verdades ou mentiras, nunca saberemos enquanto estivermos na condição de meros mortais trabalhadores e subordinados da presidente Dilma, mas Neymar sem tatuagens, Copa comprada, juízes vendidos, seleções gigantes saindo antes das oitavas… Tem algo de podre no reino da Dinamarca… Ou Dilmamar.. Deixa pra lá.

#6 – Todas as bizarrices sem fim

O número 6 vai em homenagem ao casal que foi pra El Salvador, à repórter que foi beijada ao vivo, ao Soarez que mordeu o italiano, e à funcionária do hotel que tirou uma foto mordendo o jogador italiano também, ao inglês que estava com a mesma roupa há três dias e já não sabia mais o que estava bebendo, aos mexicanos que foram de Chapolin pro jogo, à Anitta forçando um selfie com a Rihanna, ao Datena pagando promessa e apresentando o jornal de cueca, à Dilma fazendo tois, à torcedora belga que teve a maior sorte do mundo, que lhe foi arrancada brutalmente, pra ela deixar de ser idiota, às paródias dos hinos nacionais, ao Márcio Canuto, ao pai que foi tirar o filho black bloc do protesto, aos jogadores uruguaios, que trouxeram 39kg de doce de leite, ao sósia traveco do Marcelo, ao torcedor chileno, que confundiu cuiabá com curitiba, à lente de contato da bandeira do Brasil, ao clipe do Mc Gringo, e ao Fuleco.

#7 – O verdadeiro legado

Saiu hoje a notícia da aprovação da lei municipal nº 5763/2014, que declarou uma semana de carnaval fora de época na última semana de Julho, chamada Semana Carna Rio, com o intuito de incentivar o turismo e gerar mais empregos. Tá bom.

 

E foi isso. Vivemos essa Copa e presenciamos o país recebendo o evento, o que foi FODA.

Quando viveremos isso de novo? Já disse isso antes e repito: trocava carnaval no calor em fevereiro por Copa todo ano em julho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: