Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Horário de Brasília

7 boas lembranças que ficarão da Copa do Brasil

Publicado em

Por fim, acabou a Copa. Metade de nós ainda está tentando absorver essa idéia e a outra metade nem quer pensar nisso. Um clima de carnaval se instalou no ar, feriados sem fim no meio da semana e o Rio de Janeiro nunca viu tanta gente bonita nas ruas. Basicamente, passamos por bons momentos, até os peixes mais fora dessas águas tem que admitir que foi incrível. Do jeitinho do brasileiro mesmo, não teve muito luxo, mas a gente se divertiu muito (e os gringos também!).

Leia o resto deste post

Podolski é tão brasileiro que…

Publicado em

Eis que estamos prestes a disputar (e perder) o terceiro lugar da Copa com a Holanda, depois da humilhação que foi a partida contra a Alemanha. Tudo bem, estamos superando. Inclusive, como bons brasileiros que somos, estamos nos juntando aos alemãs numa última tentativa de vencer alguma coisa, afinal eles vão jogar contra nossos maiores rivais no futebol. Leia o resto deste post

Talvez ela seja tudo que um homem não quer (?)

Publicado em

Do dia 26 de Junho de 2014

Esses dias me mandaram um texto sobre a mulher independente, pela segunda vez em menos de uma semana. O primeiro texto achei bem válido, de Ruth Manus, chamado de ‘A incrível geração de mulheres que foi criada pra ser tudo que um homem NÃO quer‘. Circulando pelo Facebook alheio, falava sobre as jovens mulheres da atualidade, que cresceram num mundo onde o machismo é feio. Leia o resto deste post

Copa da Imaginação

Publicado em

Do dia 20 de Junho de 2014

Fiquei pensando sobre o que escrever esses últimos dias… Sem ser Copa do Mundo.
Tem dias que as coisas se atropelam, é tanto assunto que fica difícil se concentrar pra escrever sobre um só. E ao mesmo tempo, não dá pra escrever sobre todos, porque esse tempo aí só quem vê novela das seis tem. Leia o resto deste post

Palavra que eu gosto de ouvir

Publicado em

Do dia 5 de Junho de 2014

Hoje mais cedo vi uma matéria intitulada ” A ostentação antes do funk”, da página Fatos Desconhecidos (pode ver a reportagem aqui). Há pouco tempo me decepcionei com essa página por postar uma foto de crianças judias com armas, alegando que assim seria a sua infância se você tivesse nascido em Israel. Eu, como boa judia que sou (cof cof), dei um pitizinho nos comentários e bombei. Mas minha popularidade não vem ao caso agora.  Leia o resto deste post

2048 da vida

Publicado em

Original do dia 23 de Maio de 2014

Pela manhãzinha, levantei. Tentei, sem sucesso, despertar de verdade, mas é muito difícil quando se dorme pouco e acorda-se mais cedo do que o normal. Pra dar uma ajudinha pra essa massa cinzenta que tem aqui na minha cabeça (como diria minha mãe que faz pudim), liguei o rádio, como tenho feito há um tempinho já, e peguei meu telefone pra ver as novidades da madrugada no Facebook. Nhé…  Leia o resto deste post

Ame-os ou deixe-os

Publicado em

Original do dia 19 de Maio de 2014

Esse fim de semana comprei três livros interessantes. Marthinha querida e Scliar estão nos dois primeiros. O último, e não me orgulho disso, não sei quem é o autor ou a autora. Comecei a ler o livro do Scliar primeiro e li um trecho que dizia que as pessoas que amam os livros, o fazem não pelo seu conteúdo ou pelos textos, mas o amam como objeto. Leia o resto deste post